O Chamado de Gaia

Página 1 de 30 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Ter Mar 11, 2014 6:34 pm

"Hoje é dia 13/01/2004, 01:00 da madrugada.
Estou gravando isso porque eu estou sendo perseguido. Tenho coisas para contar, mas não tenho mais ninguém.
Eu vi. Eu sei que vi. Eu vi, em meio aos clarões de fogos de artifício da virada do ano, eu vi uma estrela explodindo no céu. Um barulho horrendo e ensurdecedor invadiu minha mente e não consegui me controlar... juro que não consegui... eu juro mesmo. *tosse seca e longa* Eu me descontrolei, eu sei, mas não foi minha culpa! A culpa é da Wyrm... sim... ela me fez engolir carne humana... a mesma carne com quem eu convivo... eu pequei.
Ainda sinto o gosto da carne em minha garganta... o cheiro da pele ensanguentada ainda está impregnado em meu olfato. Eu desobedeci as leis maiores... desobedeci a Mãe Gaia. Sou a vergonha da minha tribo.

Mas eu não deixei que isso acontecesse. Eu fugi. Estou em uma kitnet, achei que ficaria bem protegido aqui. Mas deram falta de mim na Assembléia. Algum Garou sentiu que meu cheiro estava ausente... eles não me aceitam como antes. Disseram que eu estava diferente, que meu cheiro mudara. Que meu cheiro humano está maculado *tosse descontrolada*...e para completar *pigarro*, eu estou sendo perseguido por ela.
Seus olhos implacáveis me perseguem, como se me julgasse.
No começo, achei que fosse apenas o estresse. Mas não paro de ver os olhos verdes. Eles me vêem, me julgam, me fazem ficar louco. Então... eu lembro do gosto da pele humana. Sinto o cheiro irresistível da carne... dos músculos sendo estraçalhados em minha mandíbula... o sangue quente escorrendo em minha garganta... a sensação de estar tomado por algo ancestral e nocivo é única.

*Choro* eu... eu me tornei um monstro, Mãe! Eu me tornei o pior... e eu vou morrer logo...
Estou de olhos fechados porque não consigo ter coragem de abrí-los e ver ela me olhando, me tentando... ela está respirando e eu consigo escutá-la *chorando copiosamente*.

Essa são as minhas últimas palavras, Mãe. Hoje eu vou voar para os seus braços... um vôo leve e sem sons. Sem os olhos horríveis que andam me perseguindo.
Sem a responsabilidade de lutar, eu já lutei demais, me doei para a sociedade Garou. Me extenda sua compaixão em um abraço. Eu não aguento mais continuar seguindo... a Wyrm... sua criação... levou minha razão, Mãe. Eu te perdôo por nos trazer o mal e... te peço perdão por não suportar. Agora pareço mais humano que nunca. Sou fraco, Mãe. Sou fraco. *tosse muito forte acompanhada de um choro abafado*

Aquele que encontrar esse gravador em meu esconderijo... tome cuidado. Não olhe para aqueles olhos verdes..."


Dia 14/01/2004

O corpo foi encontrado na calçada. Os olhos saltados das órbitas, a boca enegrecida. O pescoço e a perna direita quebrados pelo impacto com o solo. Suas mãos possuíam garras horrendas e negras. Ainda podemos contar mais oito fraturas, sendo duas expostas.
A autópsia indica que o homem, do qual não achamos nenhum documento, havia usado drogas injetáveis e ingerido oralmente alguns remédios para trombose, entre outros controladores de hormônios e crescimentos musculares.
Retiramos os cacos de vidro que perfuravam todo o seu corpo. O indivíduo parece ter se jogado da janela do quinto andar, quebrando com força o vidro da mesma.
Não conseguimos identificar a idade do corpo, o que é muito estranho. Decidimos que sua aparência demonstra entre 25-30 anos, apesar de seus órgãos internos estarem muito mais velhos.

Dia 16/01/2004

Emergência - Corpo não identificado no IML desapareceu. Após autópsia, trancamos o corpo como de costume. Após dois dias, a gaveta de defuntos estava aberta (como se tivesse sido forçada) e o corpo não mais se encontrava no local. No local, encontramos uma corrente com um símbolo de gárgula ensanguentada.


------------

Darún, o Instrutor de Garous, foi chamado pela Anciã dos Filhos de Gaia. Ela e dois xamãs o recebem na tenda principal. Os Garous Xamãs pedem para que Darún sente-se.
Apesar de ser jovem, Darún é amado pela Anciã. Ela vê potencial em suas escolhas e sabe que o seu destino esconde coisas traiçoeiras.
Após os cumprimentos, o Instrutor senta-se em meio aos panos e tapetes coloridos que a Anciã possui em sua tenda e faz uma reverência para que ela fale:

- Darún, Gaia me presenteou com um sonho essa noite. Eu andava pela Umbra e via a Terra... Eu contemplei uma atrocidade em meu sonho. Um Garou se suicidou, tomado pela fúria incontrolável da Wyrm. Eu via os olhos verdes horripilantes da Wyrm... até que Gaia me acariciou como um animal de estimação e me mostrou seu rosto... e você liderava uma matilha, Darún. Sua matilha se uniu como se cada um fosse parte de um espírito diferente. Eu vi o Totem de várias tribos... E uma estrela explodia no céu e a noite ficava mais negra.
Gaia nos chama constantemente... mas esse é um pedido especial. Você deve recrutar mais Garous, Darún. O mal que nos assola está também dentro de cada tribo. Ela se espreita e destrói a sanidade dos filhos de Gaia...

- Se a Senhora me permite, não é apenas a nossa tribo que - a Anciã o interrompe.
- Quando falo "Filhos de Gaia", não me refiro à nossa tribo. Cada Garou, independente de sua tribo, é um filho de Gaia. A Mãe Gaia. Embora cada um prefira agir da sua maneira...
- Que a vontade de Gaia seja feita então, Abhaá.
- Que a vontade de Gaia seja feita.

Os Xamãs se levantam e guiam Darún até a porta da tenda, quando são interrompidos novamente por Abhaá:

- Nem todos os seus estarão em nossa tribo, Darún.
- ... devo procurar... em outros lugares?
- Essa é a vontade dEla.

Em uma última reverência, Darún dá as costas para a tenda e observa as inúmeras tribos do Caern Principal dos Filhos de Gaia. Pelo menos, por enquanto.

Ele ouviu a história do Garou que havia se suicidado, em uma de suas incursões pela metrópole. Ele pertencia à tribo dos Presas de Prata. Diziam ainda haver um gravador, que ninguém encontrava. Os Presas procuravam em várias matilhas pelo corpo do Garou, sem muitos resultados. Até mandaram alguns de seus Cliaths perguntarem em outras Tribos sobre o paradeiro de um Garou com os cabelos castanhos escuro, hominídeo, olhos castanhos, uma cicatriz no lábio inferior.

Agora Darún sabia que a Wyrm o havia desejado. E que Gaia estava chamando-o para encontrar uma nova matilha, sem distinções de Tribos.

"Que a vontade de Gaia seja feita".

-------------

Dias mais tarde, vários anúncios foram espalhados em diversos Caerns, pertencentes a diversas tribos diferentes. No anúncio, um Instrutor de Garous chamava novos alunos para explicar a eles sobre a Sociedade, a Wyrm e ajudar eles a encontrarem suas matilhas.
Em tempos de guerra, esse tipo de Instrução podia ser feita por Philodox de várias tribos, já que os Athros (Posto 4) e Anciões (Posto 5) estão muito ocupados com seus líderes de guerras, dando pouca da atenção necessária aos novatos na Sociedade Garou.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 2:28 pm

22/01/2014



Darún arruma suas coisas como de costume, dentro de sua pequena e ajeitada tenda. Ele sente uma pequena pontada em seu pé machucado... estava mais velho, e não conseguia mais se proteger tão bem.
Alguns diriam que ele está no auge de sua forma. Mas ele se importa mesmo é com o auge de sua mente. Desde aquele dia em que Abhaá, a Anciã, o chamou em sua grande tenda ele têm procurado Garous para sua matilha, mas muitos Garous estavam ocupados... e então, houve um hiato de 10 anos. Não se ouvia falar das marcas do Apocalipse por anos, até que em 2012, alguns Lupinos dos Peregrinos Silenciosos disseram ter visto uma estrela negra explodir no céu,
assim como em 2004. Desde então, todas as tribos têm esperado pacientemente pela "afloramento" dos descendentes Garous.

O Instrutor de Garous cofia a barba pensativo. Por um tempo, ele havia parado de colocar anúncios em diversos Caerns pois havia estado em uma matilha para proteger seus primos e irmãos. Agora, com um pé machucado, ele havia se voltado novamente para suas leituras... afinal, era esse o seu prazer.

Um jovem Garou entra um pouco apressado. Ele tem olhos amendoados e parece estar constantemente resfriado.


- Ainda não se adaptou com o clima, Naruk?
- Senhor, não temos tempo de discutir sobre isso. Abhaá teve outra visão... ela pediu para que eu lhe transmitisse essas palavras:


"É chegada a hora. A vontade de Gaia deve ser feita. Eu vejo os olhos de cada Garou que você deve procurar. Eles virão ao seu encontro...um por um... outros, você terá de encontrar... só assim sua matilha estará selada"
Darún fica sério por alguns instantes. Ele esperara 10 anos e... justo agora... com menos habilidade para correr ou pular... justo agora Gaia lhe havia solicitado novamente. Mas ele não negou seu destino:

- Obrigado, Naruk... transmita que farei a vontade de Gaia e que por ela, eu até faria mais. Compreendo minha sina. E... tome isso aqui - Darún lança um pequeno amuleto talhado em madeira rústica. Parecia uma presa de lobo pequena - Fique com isso, sim?

- O senhor é muito generoso. Entregarei sua mensagem para Abhaá.

O menino sai de sua tenda e o "Instrutor de Garous" recolhe suas roupas e alguns artefatos e itens que necessitará.

Daqui duas noites, haveria uma Assembléia onde todas as tribos estariam presentes. Novos Garous e representantes estariam no Caern do Portão de Cristal, onde residem Fiannas e Presas de Prata (E alguns Cria de Fenris).

Darún já sabia onde encontraria os de sua matilha.


~~~~~~~~


Scar é chamado por seu instrutor, Godhar. São 8 da manhã e você está em uma tenda característica de sua tribo. É um dia nublado e sem graça e o vento sibila por entre as árvores. Algumas máscaras de festividades estão espalhadas no chão, algumas expressando caras alegre, outras de espanto.

Godhar, um Garou humanídeo, adentra sua tenda e pega uma das máscaras que encontra no chão e sorri nostálgico. Ele se vira para você e começa:

- Isso é tão velho..! Mas sempre ficamos felizes com essas festividades...Hoje não iremos ficar em nossos Caerns, filho de Gaia. Escolhi você para me acompanhar na Assembléia de hoje - ele parece ficar pensativo antes de continuar - Talvez você encontre seu propósito lá.

Ele se dirige para a saída da tenda e para subitamente. Como uma última recomendação, ele diz com a voz baixa:

-[...] Não esqueça de levar sua fúria.



~~~~~~~~

Nailah está treinando seus golpes em um tronco com adornos de pedra e desenhos de garras de animais em toda sua extensão.
A Cria de Fenris é interrompida por um Garou que está sendo usado como "Mensageiro" por sua tribo. Ele é cego de um olho e possui muitos machucados.
Ele é digno de pena com sua postura desajeitada.

- Ah, hm, senhora Hiden, e-eu... vim aqui lhe avi-avisar que fora convocada para a Assemblé-assembléia das tribos também, junto com Vik-Viktor - ele parecia gago também - e eles p-partirão e-essa ta-ta-ta-tarde.

O mensageiro estica o braço para sua direção e entrega dois folhetos e se retira do local farejando.


~~~~~~~

Uma mensagem chega na Caixa de Entrada de Alen Malthir:

Bom dia, Alen Malthir!


O FestMachineCon - 3ª Edição gostaria de recebê-lo em uma palestra sobre maquinários e o poder da informação.
Essa 3ª edição será na Inglaterra
Sabemos de seu talento natural e pagaremos bem sua presença. Sua estada no local será paga, incluindo a alimentação.
O cachê está avaliado em 20.000 euros e pode ser conversado dependendo da repercursão de sua palestra.

Esperamos que compareça!
Doug Ashton, Gerente de Eventos.


Você sabe que Doug Ashton é um homem muito sério e que seus eventos são sempre bem aclamados por engenheiros, analistas, cientistas, críticos e curiosos.
Outro fator que lhe interessa é que na Inglaterra existe uma mecânica que, aparentemente, conseguiu criar uma máquina com materiais improváveis e com uma força esmagadora.
A máquina se chama "b-RainMaker" e um artigo perdido na Deep Web chegou em seu conhecimento... e lhe interessou muito.



~~~~~~~~

Ralf Lowell acorda repentinamente. A música toca alta em seu enorme quarto.
Alguns integrantes da sua banda, junto com algumas pessoas do ramo estão dormindo ou apenas desmaiados pelo efeito de bebidas alcoólicas. Sua cabeça está um pouco confusa.

Você consegue se lembrar que vocês haviam acabado um tour e se lembra de um bilhete deixado por Walter que você jurava estar no seu bolso... mas não está mais.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Stein em Sex Mar 21, 2014 2:58 pm

*Ainda sonolento, sigo Godhar, bocejando audivelmente. Me ponhos em pé sobre as quatro patas, os pelos castanhos se agitando pelo despertar repentino*
- Bom dia, Godhar. *cumprimento * Sabe que gosto tanto de assembléias quanto o diabo da cruz. Mas você tem razão, talvez encontre lá o que Gaia deseja de mim.
*saio da tenda, deixando que a sensacão única do vento frio da manhã percorra meu corpo, enquanto meu focinho detecta o cheiro já tão familiar do Caern. Aquela era minha casa agora. Eu era um lobisomem, no fim das contas, e havia aprendido muito nos últimos dias. Estava curioso para conhecer o chamado que Gaia reservava para mim*
- Podemos partir quando quiser *digo a Godhar*.



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 3:06 pm

Passo a mão na camisa e calça, procurando por onde estaria o bilhete.
"Pô Walter, não dava pra mandar um sms como toda pessoa desse século?" me levanto lentamente.

"Já caíram trêbados cedinho, todas umas mocinhas" dou um tapinha na cara do baixista. "Acorda!"

"O que raios é essa música?" procuro pela origem do som.




Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 3:15 pm

Scar:

Godhar olha para você com um ar altivo. Por algum motivo, você sente que ele está um pouco preocupado com alguma coisa, ou apenas pensativo demais.

Ele coloca uma mochila nas costas e se vira para você:

- Vamos ter que nos apressar. Ganharemos carona de um velho barqueiro que já auxiliou nós, do Caern Fair Lawn... Gosta de trilhas?

~~~~

Ralf:

O Baixista olha assustado para você e começa balbuciando algo que você não entende, até que ele explode em gargalhadas como se tivesse lembrado de alguma piada da noite passada. Ele se levanta, cambaleia e cai em cima da sua cama, deixando um rastro de baba na roupa de cama.

Role sua Percepção + Investigação para saber de onde vem a música.

(Cada ponto em Atributo ou Característica equivale à 1D10.
Exemplo:

Percepção: 4
Investigação: 1

Logo = > 5D10

Rolem todos os testes na sala ChamadoGaia)


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 3:21 pm

Rolando teste: Ralf: 2D10 => [ 9 +6 ] = 15

"Má que beleza Carter. Nem tudo o que você mistura na bebida a transforma em batida. Acho que precisarei de uma equipe mais tolerante ao álcool na próxima..."

Começa a andar em procura da origem da música.



Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 3:25 pm

Ralf:

Você se concentra por alguns segundos até que tem a impressão de que a música está vindo do andar de baixo. A porta do quarto está entreaberta e o cheiro de álcool com centenas de outros ingredientes é enjoativo.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Stein em Sex Mar 21, 2014 3:26 pm

*Me sinto animado pela chance de poder esticar as patas um pouco. A viagem sempre me instigava, e eu podia sentir nitidamente o cheiro verde de aventura*
- Claro que sim *respondo, acompanhando Godhar* Qual a fontr de sua preocupação, meu amigo?



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 3:36 pm

Começo a estranhar a situação toda. Não é comum a minha banda dar PT desse jeito.

"Eles devem ter feito a festa e esquecido o som ligado. E caramba, que cheiro horrível" pego o meu chapéu e coloco no nariz. Vou até a porta e olho nos dois lados do corredor.






Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 3:53 pm

Scar:

O Garou parece surpreendido com a pergunta:

- Parece que esse é meu defeito, não é? Estou sempre preocupado com esse mundo... essa é mina sina, irmão.

Ele coloca um pedaço de grama na boca e sorri um sorriso forçado e continua:

- Sabe por que te escolhemos, Garou? Por que você tem esse cheiro... esse cheiro de que está sempre na frente para abocanhar sua presa se ela fazer mal aos "irmãos"... é por isso que eu tô aqui também.
E essa trilha pode ser traiçoeira se não prestar atenção onde pisa. Fique atento, sim?

Enquanto vocês caminham, o vento faz barulhos como sopros de uma flauta tribal quando passa pelos ocos das árvores. A atmosfera do local é diferente daquela calma característica do Caern.


~~~~

Ralf:

Você olha para a direita primeiro e não vê nada demais. Ao se virar para a esquerda, uma moça está deitada no chão com uma garrafa de Imperia Vodka vazia na mão. Ela está apenas de regata e sem a saia, que está perdida em algum lugar da casa.

A música está mais alta.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 4:04 pm

"Eeeeeeeeeeita" digo colocando o chapéu na cabeça. "Essa mulherada nem se respeita" me aproximo da garota caída e coloco o meu casaco sobre ela, a cobrindo.

"É, bonitinha. Já volto" pisco para a garota desmaiada e sigo pelo corredor até a escada para o andar de baixo.
"EI, JÁ ACABOU A FESTA CAMBADA! ABAIXO ISSAE!" grito.




Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Laily Aflen em Sex Mar 21, 2014 4:15 pm

A respiração forte e constante podia ser ouvida facilmente pelos demais garous, assim como o barulho de meus punhos ao acertarem o tronco de treinamento. O suor pingava em meio as madeixas avermelhadas que permaneciam coladas ao meu rosto, porem não me importava de estar suada e suja, era um mero detalhe de um treinamento árduo e diário, que se outros Garous tivessem o habito talvez não seriam fracassados a esta altura.

Com tamanha concentração, apenas percebi a presença de um ser um pouco estranho, um mensageiro, quando este já começara a falar comigo. Não conseguia prestar atenção em suas palavras, afinal, que espécie de ser era aquele? Conseguiu me irritar ao me interromper e ainda mal sabia falar. Minha vontade era de ensiná-lo a base dos tapas, assim talvez sua chance de sobrevivência seria maior.

Peguei os papéis e não o observei sair, e nem me importava sobre o mesmo, agora o que me chamou atenção foram as duas palavrinhas que pude ouvir... "Assembléia" e "Viktor". Para um Cria de Fenris ser convocado para uma assembléia, era porque realmente havia acontecido algo sério. Afinal outras tribos não entendem nosso jeito, são fracos e acham que as coisas se resolvem com conversa e estratégias. Não consigo evitar o sorriso irônico junto a um suspiro curto.

- Então, está certo...

Apenas pego um pano que estava pendurado ali perto, para secar o suor e eliminar um pouco da sujeira, enquanto caminho lendo os folhetos em direção aonde deveria encontrar Viktor.
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Stein em Sex Mar 21, 2014 4:32 pm

*Permaneço em alerta, meneando a cabeça ao aviso de Godhar. Cautelosamente, farejo o ar constantemente, na tentativa de prever algum possível empecilho em nossa viagem*
- Faço apenas o que Gaia me ensinou, irmão. Proteger os meus e os humanos é minha razão como garou. Gostaria que os outros se unissem na causa contra a Wyrm, especialmente nesses tempos escuros...mas o mal parece mais forte a cada dia. Enquanto isso, eu também busco me tornar mais forte, para proteger mais...*me lembro da garota que não consegui salvar, e isso me deixa com um ar mais sério *

* esquadrinho o caminho com olfato e olhos de lobo*



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 4:41 pm

Ralf:

Quando você se aproxima da garota e derruba o casaco, ela nem se mexe. Ela está completamente desacordada.

Apesar do seu grito, a música continua tocando alta. A música finalmente acaba e... recomeça. A mesma trilha repetindo como se fosse um velho disco riscado.
Você chega na escada.

~~~~

Nailah:

Em um dos folhetos você pode ler:

Instrutor Garou, Darún, Filho de Gaia
       
Recrutamento de novos Cliaths e Garous ainda não iniciados.
        Formação de Matilha balanceada.
        Combata a Wyrm!


No segundo folheto, você pode ler com uma letra cheia de garranchos e manchas de gordura de algum animal:

                 
"
Nailah, você foi escolhida juntamente de Viktor, nosso representante, para comparecer na Assembléia. Espero que entenda a responsabilidade. Por algum motivo, nossos Xamãs acreditam que você é uma boa escolha. Eu lhe colocaria na cozinha ou como mensageira, pessoalmente, mas essa não é a nossa discussão.
Esperamos que seu treinamento tenha valido a pena. Se quer provar sua força, essa é a hora.

E lembre-se: A Wyrm está em todo os lugares.
Tente não fazer bagunça, cria.

"


Ass: Orcrak


Orcrak é um Ahtro (Posto 4, Mentor do seu Caern) e o que ele diz deve servir de ordem. Pelo menos é assim que funcionam as coisas entre os Fenris.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 4:46 pm

Scar:

O caminho parece normal, apesar do vento continuar soprando diferente no local. Vocês parecem já terem feito quase quarenta minutos hora de caminhada.

Godhar aponta para a direita e faz um sinal para seguirem por uma pequena trilha que sai da trilha principal.

A mata é mais densa e a floresta é um pouco mais fria nesse ponto.

Role Percepção + Instinto Primitivo

(Lembrete: Sala ChamadoGaia do Rolz. Não esqueça de colocar os resultados de cada dado e não só o número cheio)


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 4:57 pm

"Ótimo. Agora com essa música de filme de terror é agora que eu sou atacado por último" penso.

Desço as escadas, cuidado com meus passos e com o que há a seguir.

"Fear of the dark...fear of the dark..." cantarolo baixinho.




Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Laily Aflen em Sex Mar 21, 2014 5:02 pm

-Uma formação de Matilha? - Pronuncio um pouco alto demais pela surpresa e a empolgação que aquela noticia me trouxe.

Porem tal se transformou em irritação ao ler o segundo bilhete. Como aquele velho Da Lua machista, pode escrever algo como aquilo? Se sua intenção era desafiar-me, foi bem sucedido. Provaria meu valor á Orcrak, de um jeito ou de outro.

- Viktor? - O chamo em alto e bom tom, procurando-o enquanto caminho mais apressadamente, dando passos cheios de fúria ao rasgar a carta direcionada á mim e amassá-la como se pudesse descontar a frustração.
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 5:03 pm

Ralf:

Chegando na sala você vê uma cena que nunca mais esquecerá na vida.

O chão está completamente ensanguentado. Pedaços de corpos de mulheres e homens estão espalhados e dilacerados. Você consegue ver farrapos do que já foram roupas e outros utensílios jogados no chão.
Em meio aos corpos dos esquartejados, está um pedaço de papel, que lhe é familiar.



Você sente um cheiro que lhe remete à infância. Parece um pouco com pelo de cachorro molhado... seu coração vai à mil...

Role um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo




"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por isaac-sky em Sex Mar 21, 2014 5:12 pm

"Eu tava brincando. Não quero ser o último e nem o não-último...droga"

Ralf: 2D10 => [ 10 +7 ] = 17

Coloco a camisa sobre o nariz e ando até o bilhete. Enquanto tento ler ele eu pego meu celular e tento ligar para o 911.



Oi, meu nome é isaac

"Kurayami nara kocchi no mon da"
"A escuridão é minha vantagem"
Zatoichi
avatar
isaac-sky
Guarda Real

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 23
Localização : Entre Nárnia e a Terra Média
Emprego/lazer : Dominar o mundo/ RPG/ SKA

O que sou
Raça: Humano
Classe: Ninja

http://www.skyisaac.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Stein em Sex Mar 21, 2014 5:26 pm

Resultados: 7, 3, 5, 4, 2, 8

*adentro a mata com Godhar, silenciosamente, observando o ambie te à nossa volta. As árvores e a grama me davam uma sensação bem-vinda, mas aquele frio...definitivamente não era normal*



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 6:08 pm

Nailah:

Viktor se vira para você com aquela cara séria dele de sempre. Ele será o representante dos Crias na Assembléia e seu acompanhante.
O Garou tem uma verruga no pescoço que parece mais um verme. Você só ignora a aparência estranha que ele tem desde o pescoço até o final do braço direito, como se seu corpo estivesse machucado e com queimaduras.

Apesar disso, ele é gentil com você. Ao modo dos Crias, mas é gentil:

- Então, Hiden. Vejo que já recebeu as mensagens. Vamos partir hoje com alguns Peregrinos Silenciosos... essa gente não me agrada tanto, mas eles são bons com os caminhos desses Caerns da Europa... ou qualquer Caern do mundo - ele boceja e rosna em seguida - espero que já esteja pronta. Tem uma mochila com alguns mantimentos ali...

Ele aponta para uma estante cheia de bugigangas. Em um gancho, pendurada, está uma mochila parcialmente cheia.

- Vamos!

Ele sai da pequena dispensa cheia de palhas e barro socado no chão e paredes de mármore. As construções dos Crias pareciam uma mistura de ocas com a arquitetura medieval e te aguarda do lado de fora.

~~~~~
Ralf:

Sua perna cambaleia e você se prostra no chão segurando o nariz para não sentir o cheiro fétido dos pedaços de corpos e do sangue espalhados por todo o ambiente... sua mente está confusa... mas não mais pela bebida. Uma estranha sensação percorre seu corpo... como se a morte fosse familiar.

No papel ensanguentado, uma escrita distorcida. (Role Inteligência + Linguística)

~~~~  

Scar:

Você pressente um movimento diferente do seu e de Godhar na sua direita.

Godhar continua caminhando, mas você fica parado, escutando e farejando na direção do seu pressentimento...
O vento sopra mais forte e as folhas farfalham violentamente... até que toda a ventania cessa e o pressentimento some.

Fosse o que fosse, você já não sente mais nada.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por lgsscout em Sex Mar 21, 2014 6:27 pm

Mais um dia normal e lá estou eu em minha oficina, com música alta e ferramentas espalhadas pelo bancada de trabalho enquanto sigo no desenvolvimento de meu protótipo. Multímetro, fios, cabos ligados a um PC e o principal, uma espécie de luva bionica ao redor de meu braço. Continuo trabalhando com empolgação e prazer. Faço mais alguns ajustes e começo manusear o objeto que se comporta como um braço de movimentos mais lentos.

"Ainda não está como gostaria... mas é um começo." Digo estendendo o braço. "Agora o principal."

"Não faça isso." Tenho a impressão de ouvir um sussurro em minha mente que tira meu foco por instantes. Dou de ombros e volto e me posicionar afastado do balcão para os testes.

"Ainda não. Falta algo." O sussurro me incomoda e começo a coçar o ouvido, enquanto olho para os lados. Não há ninguém ali, como de costume. Desligo o som e volto a tentar ouvir. Não ouço nada. Aguardo mais alguns instantes e vejo meu celular piscando. Tomo ele com a mão livre e vejo que se tratam de emails, muitos emails.

"Bla, bla, bla..." Entôo de forma monótona, expressando meu profundo tédio em ter que eliminar todo aquele spam, por mais que na verdade pouco me importe de receber ou não aquilo.

"... bla, bla... bla?!" Uma mensagem em particular me chama atenção. Um convite para ser palestrante. Não deixa de ser chato, mas ao menos pode ser útil.

"Ela? Aha... só pode ser piada. Acha que aquela coisa tem como competir com isso?" Estendo o braço para frente numa posição semelhante a um super herói capaz de lançar projéteis pelas mãos. Antes que possa refletir no ato, um breve zunido se espalha no ambiente e sinto meu corpo sendo arremessado longe. Ouço o barulho da porta e vejo a silhueta de meu amigo e companheiro.

"Olá, Stew..." as palavras ficam incompletas e eu estirado no chão. O protótipo estava sendo um sucesso. Ou quase isso.





Quadra já foi... agora é rumo ao Penta

avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Laily Aflen em Sex Mar 21, 2014 6:38 pm

Jogo o bilhete de Darún de lado, já que nada serviria agora. Vejo Viktor sair e não menciono qualquer comentário, mas sabia que minha desaprovação em viajar com membros de outras tribos era visível. Mas, talvez fossem interessantes como alguns garous que já encontrei.

Rapidamente solto o cabelo bagunçado, passando o dedo entre os mesmo para alinhar os fios, assim volto a prende-lo em um rabo de cavalo. Pego a mochila com as provisões para a viagem, mas em vez de ir em direção á Viktor, tomo o caminho para onde estava alojada, ali perto. Não demoraria mais do que poucos minutos para jogar uma água no corpo e colocar uma roupa, acima da pele molhada.

Ainda carregando a mochila, aparentemente pesada porem bem leve para mim, parto desta vez para onde Viktor me esperava.

- Vamos...
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Aleleeh em Sex Mar 21, 2014 6:44 pm

Alen:

Stew chega curioso:

- O que está fazendo, Mestre? Achei que estivesse criando algo... mas acho que está destruindo... algo... não é?

O menino fica olhando para Alen estirado no chão.

- De qualquer forma - o garoto retoma - eu queria que cê me levasse na FestMachineCon, estou doido para ver algumas máquinas iradas, saca? Aquelas máquinas gigantes e coisas para fuçar, certeza que podemos fuçar nas máquinas. Você até podia fazer umas botas estilosas para que eu ande como um grande construtor por lá também... claro, se não puder, eu vou sozinho mesmo e... mas... eu queria que fosse junto. Acho que somos amigos... e não vai me contar o que é essa coisa?

O adolescente coça a cabeça e senta no chão arrumando seu macacão jeans que sempre está com uma das alças derrubada e desabotoada.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






Audrey / Elizabeth / Liesel /
Chamado
Aly
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por lgsscout em Sex Mar 21, 2014 6:51 pm

A cabeça vai retomando seu ritmo e observo Stew falando, sem reter palavra alguma, apenas ficando com um riso de criança feliz na cara.

"Watson? É você?"

Off: Considera que ele tem uns 20 anos e eu uns 28 xisde





Quadra já foi... agora é rumo ao Penta

avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Chamado de Gaia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 30 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum