[Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qui Jul 21, 2016 2:21 pm

- Áreas que o sistema não alcança... - aquilo era estranho. Então haviam áreas em São Paulo que o sistema não abrangia. Era uma realidade completamente diferente da China, onde todo e qualquer metro quadrado do país era vigiado pelo sistema de segurança. - Existem pistas sobre as identidades dos criminosos? Existe alguma espécie de gravação de algum dos incidentes ou testemunhas visuais?



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qui Jul 21, 2016 2:26 pm

"Não há nada disso. No submundo não há policia ou monitoração, e quando há, eles fogem. Sei que está acontecendo por causa de um amigo que trabalha cuidando da saúde deles."



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qui Jul 21, 2016 2:33 pm

- Isso dificulta as coisas... Quais são as pistas que temos sobre o caso e o que comprova que sejam humanos atacando humanos, e não drones ou autômatos? - Um caso sem testemunhas visuais, provavelmente apenas os corpos encontrados como resquícios do crime. Aquilo era algo novo pra mim, não imaginava que o Brasil fosse um país tão despreparado.



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qui Jul 21, 2016 2:37 pm

"Maquinas não espancam a ponto de deixar apenas hematomas. Maquinas decepam."



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Aleleeh em Qui Jul 21, 2016 3:09 pm

Escuto a resposta dele e percebo seu afastamento novamente. Jogos mais reais... :

- Entendi...

Volto para Lilian:

- Bem, - remexo meu bolso, retirando um card holográfico - se precisar de algo ou quiser falar sobre qualquer coisa.

Me aproximo, falando baixinho:

- Não sei como será por aqui, mas sei que temos que nos virar.

O card holográfico possuía meu contato do Sgram, idmail e meu holoavatar. Ele podia ser acessado através de leitores de holos. Sem ser direcionado para leitores, ele possuía uma imagem de uma engrenagem toda azulada e um A na base do cartão.

Viro a maçaneta, ouvindo novamente o 'clac', e antes de entrar, digo:

- Acho que os jogos reais começam agora...


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] /[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qui Jul 21, 2016 3:45 pm

- Espancamento então... Conheço uma história semelhante, onde um grupo anarquista havia estourado o caos em uma cidade do Japão, usando capacetes que causavam o efeito de espelhamento do Psycho-pass, o que os tornava indetectáveis pelos leitores. Mas, creio ser um caso diferente, já que ocorreu em área afastada. Não deve ter sido um crime tão elaborado, talvez algo mais primal - sinto-me imerso em pensamentos. - Em que região isso ocorreu? Existem outras ocorrências semelhantes?



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Laily Aflen em Qui Jul 21, 2016 3:49 pm

"Jogos mais reais?" Fico a pensar no que ele deveria ter feito. Apesar de não saber o que Alys havia feito, ela não parecia uma criminosa, talvez por isso a aproximação foi mais fácil.

Tiro uma das mãos do bolso e pego o card de Alys, sorrio, entendendo a deixa.

- Realmente, bem, o meu quarto é ali... - Apontava para a posta oposta com a numeração 2-6. - Nos falamos depois...

Me despeço indo até a porta semi aberta do quarto, dando uma ultima observada no homem no fim do corredor, então entro fechando e trancando a porta. Ali começava a tirar as coisas da mochila e arrumá-las.
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Pedro Oliveira em Qui Jul 21, 2016 4:00 pm

Vejo o rapaz falando comigo, permaneço sério e o respondo olhando para ele:

-Não rapaz, já estou aqui a um tempo. Quantos novatos chegaram com você hoje?
avatar
Pedro Oliveira
Iniciante

Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 20
Localização : Recife

O que sou
Raça: Elfo
Classe: Ranger

http://heavenempire.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qui Jul 21, 2016 5:16 pm

Enquanto vocês trocam seus contatos, o rapaz entra em seu quarto.

================

O médico se impressiona pelo seu relato. "Certamente não deve ser algo tão avançado assim, a não ser que já tivessem preparados. Esse tal caso foi resolvido?"

================

"Fomos apenas nós 4 de inspetores, e aqueles executores mal educados que traumatizaram a moça aí." Ele diz, olhando a moça que continua abatida.

"Certamente seu primeiro dia está sendo excelente, hein? Inimizades justo com aqueles maníacos." Ele comenta rindo. A moça se levanta lentamente e ergue o braço, dando um tapa na cara do rapaz. Por alguns instantes o ambiente fica silencioso, mas o mesmo rapaz quebra o silencio com uma gargalhada. "Você realmente não gosta da ideia de ter amigos."



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qui Jul 21, 2016 5:52 pm

- Segundo o que foi levado a público, a anarquia foi contida e os culpados foram levados a julgamento ou eliminação. O capacete foi estudado pela Sybil e aparentemente se tornou inútil, já que descobriram um modo de bloquear esse espelhamento. Mas isso é especulação, já que eu jamais trabalhei com a Sybil para ter acesso aos documentos do caso. Uma pena - Aquele caso me trazia nostalgia. Havia sido um dos primeiros que eu estudara na academia. - Dizem que o cabeça por trás dos incidentes havia sido eliminado no core da Sybil, mas... não acho que tenha sido assim. Um caso secundário ocorreu logo em seguida, envolvendo a morte de Makishima Shougo, por um ex-Justiceiro da Sybil. Acreditava-se que Shougo estivesse comandando as operações anárquicas, e que ele tivesse uma rede de contatos anti-Sybil. Simpatizantes por seu ódio ao sistema. Pelos relatos que o senhor que forneceu, que são bem vagos, diga-se de passagem, é possível que este caso seja semelhante. Há relatos de grupos anarquistas na região onde o crime ocorreu? Qual foi a última medição de coeficiente criminal na área?



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qui Jul 21, 2016 6:37 pm

"Anarquistas? Esse tipo de ideia nunca foi forte nesse país. Raramente alguém sai do eixo político mais básico. E como os dados são escassos e o risco é grande, não é muito sensato que justo eu vá investigar."



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Laily Aflen em Qui Jul 21, 2016 6:53 pm

O quarto pequeno não era tão diferente do espaço concedido a nós em carcere, o que compensava era a semi liberdade e provavelmente as áreas de lazer ali fora. Começo primeiramente tirando tudo da mochila, que era exatamente poucas mudas de roupas, dois livros sendo um deles um manual sobre "controle do coeficiente" dado pela psicóloga, e o outro um mini livro de histórias curtas. As roupas coloco na parte de baixo daquele armário, deixando uma prateleira para colocar os livros, os carregadores, e alguns pertences pessoais. Não havia mesmo muito o que arrumar, então me jogo na cama, olhando o pequeno espaço e o que poderia encaixar ali.

" Hmm.... Acho que dá pra adaptar um pc computador com os equipamentos de realidade virtual... vai ser bom jogar novamente. "- Deixo um sorriso escapar, enquanto penso. Para não ficar no tédio, abro o celular e começo a fuçar em redes de noticias.
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qui Jul 21, 2016 7:47 pm

- Bem, esse claramente não foi o caso, já que alguém decidiu sair do eixos, ne? Como iremos conduzir a investigação, senhor Nielman? Existe uma equipe que será designada para a investigação local e coleta de dados? Ficaria feliz em fazer parte dessa equipe.



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Sex Jul 22, 2016 2:15 pm

As redes de noticias comentavam apenas trivialidades e elogios as taxas de melhoria após a implementação do sistema Sybil. Todas notícias eram superficiais e passavam apenas um ar de que estava tudo bem, em completa calmaria.

===================

"Eu sou o médico, rapaz, e não o policial. Não há muito que eu possa fazer. E se fizer muito, capaz de em pouco tempo estar enfiado em uma clinica de tratamento."



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Pedro Oliveira em Sex Jul 22, 2016 2:49 pm

Olho a cena da tapa e permaneço com o mesmo olhar sem expressão para aqueles dois, então me levanto e olho nos olhos do homem com o mesmo olhar frio.

- Trate com respeito, vocês dois, por mais que sejam executores, qualquer um que você tratasse mal desse jeito por aqui ,daria um fim em vocês em dois tempos.
-Vá para seu quarto e aguarde qualquer chamado, e na próxima lembrem-se, não mexam com o desconhecido.

Dou de ombro e saio deixando os dois em pé, saio procurando algum lugar com café ou água, estava com a garganta seca, não havia tomado água desde a noite passada.

*Enquanto ando, vejo qual valor está no meu medidor de pulso*

Volto a me sentar e mexer no celular, vendo qualquer coisa.
avatar
Pedro Oliveira
Iniciante

Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 20
Localização : Recife

O que sou
Raça: Elfo
Classe: Ranger

http://heavenempire.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Aleleeh em Sex Jul 22, 2016 2:55 pm

Adentro meu quarto, observando-o. Coloco minha mochila e minha mala em cima da cama, minhas mãos na cintura: Meu novo quarto...

Vejo o pequeno guarda-roupa branco, com um dispositivo simples de tranca. Aperto, abrindo as postas de correr. Começo a arrumar as roupas, posicionando por cor, tipo e ocasião. Deixo um pijama separado e guardo um pacote embaixo de todas as outras coisas. Evito de olhá-lo, pegando logo meus calçados e posicionando. No fim, não era tanta coisa que havia restado e que podia levar para minha nova carreira... minha nova vida.

Guardo a mala, retirando meus pertences pessoais: perfume, elástico de cabelo, desodorante, itens de higiene pessoal, alguns holo cards, um modem, meu notebook, dois carregadores, dois fones, uma plataforma holográfica, um holo para a parede (não tinha conseguido aval para o holo de ambiente que usava), uma pequena lanterna. Guardo uma pequenina bolsa de maquiagem na gaveta do criado-mudo. Guardo todos os meus pertences e me concentro em instalar meus poucos aparelhos tecnológicos que trouxera comigo.

Posiciono o holo para uma das paredes e mudo a aparência para a janela: um fundo azul marinho, pendentes brancos e minimalistas com um cabide vitoriano. A moldura da janela ficara branca com pequenos detalhes entalhados. Parecia ter ornado bem com o ambiente neutro e metálico, só necessitando de ajustes para parecer bem real.

Sento na cama, olhando meu celular. Talvez tivesse alguma mensagem no idmail ou no Sgram.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] /[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Sex Jul 22, 2016 3:31 pm

Aqueles comentários minimizados estavam começando me irritar.
- Quem irá conduzir as investigações, então?



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Ter Jul 26, 2016 10:57 am

"Eu não sou um cão, não sou uma executora, e não sou obrigada a tolerar essas ofensas a minha pessoa. Pouco me importa se você está aqui a mais tempo. Vou iniciar uma medida administrativa contra vocês, seus estúpidos." Ela diz, nervosa, apertando os punhos, então começa caminhar em direção ao elevador a passos firmes.

Os outros rapazes apenas riem e sussurram entre si.

===================

Os quartos tinham uma luz mediana, que não chegava a iluminar tudo perfeitamente, mas também permitiam ver o necessário sem esforço. Do corredor vocês começam ouvir passos vindo de fora. Provavelmente três pessoas conversavam entre si enquanto caminhavam. Logo o elevador toca e eles deixam o local. Uma ou outra porta do corredor de vocês se abre. Provavelmente os novatos sem saber como proceder ou se deveriam agir.

===================

"Pelo visto será você mesmo. Como disse não esperava uma movimentação tão imediata. Se não aceitar, então pode voltar para seu país." O médico responde sério, já querendo encerrar o assunto.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Stein em Qua Jul 27, 2016 10:58 am

"Que sem noção desgraçado".
- Apenas me dê o local para a investigação, senhor Nielman, só isso. Pretendo iniciar o trabalho o mais breve possível, mas precisarei de uma equipe para tal. Receio que a Agência Chinesa não tenha me mandado nenhum médico legista para auxiliar na investigação dos crimes. O senhor poderia me fornecer algum destacamento da sua equipe?
"Vai, velho idiota, estou apenas perdendo tempo com você aqui".



A sorte favorece a mente bem preparada


avatar
Stein
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo, nas redondezas de Shibusen
Emprego/lazer : Programador de Sistemas e alquimista insanamente louco nas horas vagas

O que sou
Raça: Humano
Classe: Alquimista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qua Jul 27, 2016 5:24 pm

"Não posso envolver ninguém nisso, senão serei investigado."

================

Marcos nota o início de uma intensa movimentação no hospital. Logo os relatos da força policial estar no prédio chegam aos seus ouvidos.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Aleleeh em Qua Jul 27, 2016 11:56 pm

Escuto os sons lá fora, enquanto atualizava meus contatos.

O que será que está acontecendo? Desvio meu olhar das atualizações de vídeos do ministério da saúde enquanto procuro um "olho mágico" na porta afim de visualizar o que acontecia lá fora.

Tento escutar, apurando o ouvido, mas estava aparentemente agitada demais.
Teste de Ouvir:
Al33 rolls 1d20+3 = 8

Novatos... talvez. Os inspetores tem livre acesso a esse prédio? Provavelmente, provavelmente, penso, me lembrando da inspetora de algum tempo antes e cogitando a ideia de outros inspetores estarem passeando por ali.
Temos que nos dar bem. Sim. Alexya não mudou comigo, podemos fazer isso funcionar, sim...


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] /[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Laily Aflen em Qui Jul 28, 2016 9:16 pm

Escuto a movimentação que chama um pouco a minha atenção.

"Aguardem em seus alojamentos até que sejam chamados para serem apresentados a suas equipes".... Aquele homem disse, mas afinal, como iriam nos chamar? Será que já estavam fazendo isso?

Levanto da cama com o celular em mãos e abro a porta, sem sair do corredor, apenas observando dali, talvez tão perdida, confusa e ansiosa como os outros.
avatar
Laily Aflen
Iniciante

Data de inscrição : 11/03/2014
Idade : 26
Localização : Jundiaí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Qui Jul 28, 2016 9:33 pm

Do pouco que você é capaz de ouvir, não passa de um chamado para um ocorrência, do qual estão fazendo pouco caso.

"Lá vamos nós cuidar de uma paciente histérica."

"Vai ver estava com medo da injeção." Risos ecoam em resposta.

"A parte boa é que se acontecer algum acidente, o socorro não vai demorar chegar."

E logo o elevador toca e eles deixam o corredor.

==============================

Lilian apenas abre a tempo de ouvir o som do elevador fechando ecoando. Todas as outras portas naquela direção estavam fechadas, logo, aparentemente não eram novatos quem estavam fazendo aquele barulho.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Aleleeh em Sab Jul 30, 2016 11:14 pm

Um caso..?

Penso, enquanto as vozes se distanciam com a chegada do elevador, desaparecendo de vez. Droga...

Saio de perto da porta, olhando alguns segundos para a maçaneta. Não, ninguém chamou meu nome... certo.

Ligo o notebook, conectando o modem. Puxo a cadeira, sentando e colocando meus pés em uma pequena almofada que trazia em minha mala.

Passo pelas senhas, acessando a interface.

Click. Acesso o navegador. Login, mais senhas. Protocolos de segurança. Enter. Enter. Enter.

Visualizo a página de fórum de entusiastas em tecnologia. Avisto o tópico sobre as novidades da cidade. As vezes eles colocam coisas que aconteceram... talvez eu consiga me inteirar um pouco aqui antes de arriscar algo maior. Procuro pelas ocorrências recentes e comentários do pessoal do fórum.


"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários." C. S. Lewis






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] /[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Aleleeh
Iniciante

Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 21
Localização : São Paulo - Caern de Sampa
Emprego/lazer : Pseudo-artista

O que sou
Raça: Humana
Classe: Bruxa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por lgsscout em Seg Ago 01, 2016 3:31 pm

Nenhum relato nas redes, embora estejam comentando coisas diversas do momento. Ao menos a princípio o caso para o qual saíram não foi público ou não teve repercussão.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Quadra já foi... agora é rumo ao Penta
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
lgsscout
Alquimista

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 28
Localização : Stormreach - Xen'drik

O que sou
Raça: Humano
Classe: Mago

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Prólogo] As cores que o mundo deixou de conhecer

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum